Parceria na Educação

 

Notícia foi destaque na coluna Plenário de A Tribuna

Um dos projetos de lei que sugeri como vereador trata-se da criação do Programa de Parcerias nas Escolas Municipais. A ideia é incentivar empresas a investirem na educação do município. Isso pode ser possível por meio de parcerias com empresários que acreditam na educação como ferramenta de transformação. O projeto não foca apenas o investimento por parte das empresas, como em reformas da estrutura, compra de mesas, cadeiras e de uniformes. Vai muito além dos muros da sala de aula. As empresas podem proporcionar, em parceria com as escolas, diversas atividades de interação, possibilitando o trabalho em grupo, a criatividade e a troca do conhecimento entre o aluno e empresa. O assunto foi destaque hoje na coluna Plenário de A Tribuna.

Parque Tecnológico

Divido com os amigos e munícipes a minha imensa satisfação por ter participado e contribuído para a discussão e implementação do Parque Tecnológico de Vitória, quando ainda exercia o cargo de vice-prefeito da cidade. Após décadas de debate, o projeto saiu do papel e deve ser concluído até junho deste ano, próximo ao campus de Goiabeiras da Ufes.

Fui o único representante do município a participar da missão oficial à província de Guangdon, na cidade de Zhuhai, especificamente no porto de Gaolan, na China, a convite da Câmara de Comércio Brasil-China do Espírito Santo (CCBC/ES), em parceria com a Companhia Docas do ES.

Na oportunidade, trocamos experiências e estreitamos parcerias com investidores chineses, incluindo acordos de cooperação, dentre eles, investimentos nas instalações do parque tecnológico em nossa cidade e implantação da plataforma de comércio eletrônico (e-commerce), onde nossos micro e médio empresários poderão negociar seus produtos diretamente com a China e vive-versa, com menores impostos e a garantia de entrega.

O Parque Tecnológico de Vitória, também chamado de Centro de Inovação, vai possibilitar ainda o desenvolvimento de projetos de construção de robôs e fabricação de chips de computador. Além disso, empresas do setor metalmecânico (transformação de metais em produtos), de tecnologia da informação, nanotecnologia e automação vão poder usar o local para desenvolver estudos sobre seus produtos.

O novo empreendimento também vai garantir a geração de empregos diretos e indiretos. Uma grande conquista para a cidade e, para nós, capixabas!

Waguinho Ito, em sintonia com a cidade!

Cidadania nas Câmaras

Matéria publicada no dia 23 de Janeiro de 2017 no Jornal A Gazeta.

Acredito na participação de cada cidadão para a construção de uma cidade melhor. E, por isso, o meu gabinete sempre estará de portas abertas para ouvir as demandas da população e buscar melhorias para a cidade. Matéria publicada hoje (23) no Jornal A Gazeta.

Você também pode nos ajudar a construir uma cidade melhor. Deixe, aqui, suas sugestões ou entre em contato comigo pelos telefones: (27) 3334-4574/ 9.8111-8833.

Waguinho Ito, em sintonia com a cidade!

Jardim Vertical em Vitória/ES

Compartilho com os amigos sugestão de Projeto de Lei que foi destaque na coluna Plenário de A Tribuna desta segunda-feira (23). Saiba mais:

Conceder desconto no IPTU para os imóveis da capital que possuírem jardim vertical. É a proposta de um Projeto de Lei (Nº17/2017), protocolado na última semana pelo vereador Waguinho Ito.

“O município de Vitória precisa de atenção nesse sentido. A população tem crescido e junto com ela a necessidade de se criar áreas verdes nos espaços urbanos”, frisou o vereador.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), recomenda o mínimo de 12 metros quadrados de área verde (por pessoa) em perímetros urbanos.

“Sabemos que as paredes verdes não trazem o mesmo benefício ambiental de uma árvore, porém permite um alívio para a cidade, pois além de absorverem os poluentes, também produzem oxigênio”, concluiu Waguinho.

Waguinho Ito, em sintonia com a cidade!